Os últimos falantes de uma das línguas mais antigas da Europa

  • 17/09/2020
  • 0 Comentário(s)

Os últimos falantes de uma das línguas mais antigas da Europa

Ao entrar no vilarejo de Pera Melana, nas montanhas ao sul da península grega do Peloponeso, é provável que você ouça o rugido de scooters descendo suas estradas estreitas e o chilrear dos pássaros roubando frutas maduras das árvores.

Mas se você se aproximar do café central do vilarejo, ouvirá um som bastante incomum. É o burburinho das conversas entre os mais velhos em uma língua de 3 mil anos, chamada tsakoniano.

Os falantes desse idioma são descendentes linguísticos da antiga Esparta, a icônica cidade-Estado grega, parte da rica herança cultural da população tsakoniana.

Thomais Kounia, conhecida como a "imperatriz do tsakoniano" por seu domínio da língua, conta à amiga sobre o pão que ela fez naquela manhã, mas meu tradutor grego não consegue entendê-la.

Kounia traduziu então para ele em grego, e ele me contou o que ela havia dito, como na brincadeira do telefone sem fio. Estou pasma. Essas senhoras são algumas das últimas falantes fluentes de uma das línguas vivas mais antigas do mundo.

Hoje, apenas cerca de 2 mil dos 10 mil tsakonianos, sobretudo idosos, ainda falam a língua tsakoniana — um idioma limitado a 13 cidades, vilarejos e aldeias localizadas nos arredores de Pera Melana.   MAIS INFORMAÇÕES LINCK .

Saber+ Fonte:

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

Baty Announcer

SomenteVelhinhas

18:00 - 23:59

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Adrian Gurvitz

Classic

top2
2. Aline Barros

Ressuscita-me

top3
3. Alice Cooper

I Never Cry

top4
4. Elton John

Sacrifice

top5
5. Tina Turner

The Best

Anunciantes